Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Américo Scucuglia propõe método ABA para portadores de TEA

Publicado: Quarta, 17 de Abril de 2024, 11h20 | Última atualização em Quarta, 17 de Abril de 2024, 11h20 | Acessos: 33

O vereador Américo Scucuglia (PRD) protocolou projeto de lei para que os educadores da rede municipal de ensino de São Caetano do Sul apliquem o método de Análise do Comportamento Aplicada (ABA, na sigla em inglês), sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA). O objetivo da propositura é ampliar o comportamento e aumentar a autonomia das crianças e dos adultos com autismo.

Na justificativa do projeto, que passa por trâmites internos, o parlamentar defende que o método contribui com a inclusão social das pessoas com TEA e outras deficiências intelectuais.

“A Análise do Comportamento Aplicada pelos profissionais da Educação é de suma importância para o desenvolvimento dos estudantes com necessidades específicas, principalmente autistas, pois através das suas técnicas elimina comportamentos indesejáveis e estimula a interação social”, diz o parlamentar.

De acordo com a propositura, a capacitação do método ABA fica autorizada para educadores que tenham contato direto com os alunos da rede municipal a fim de atender às necessidades individuais da criança.

O vereador ressalta ainda a importância da educação inclusiva e dos profissionais capacitados para entender e compreender esse público. “A escola precisa estar preparada para enfrentar os desafios e necessidades de oferecer uma Educação com qualidade para todos os seus alunos, que envolve um ensino intensivo e individualizado para novas habilidades”, afirma Américo Scucuglia.

Voltar

registrado em:
Fim do conteúdo da página