Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Câmara de São Caetano pauta projeto que garante inclusão e acessibilidade

Publicado: Quarta, 27 de Março de 2024, 08h48 | Última atualização em Quarta, 27 de Março de 2024, 08h48 | Acessos: 33

A Câmara de São Caetano do Sul teve na pauta de sua sessão ordinária desta terça-feira, 26, o projeto que estabelece a necessidade de adequação de todos os grandes estabelecimentos comerciais da cidade, a instalação de caixas de pagamento com equipamentos adaptados.

O projeto, de autoria do vereador César Oliva (PSD), visa adequar os caixas com a instalação de teclas em leitura Braille, sonorizadas com adaptação de fone de ouvido, para o uso de pessoas com deficiência visual.

“Esse projeto versa sobre a garantia da inclusão e acessibilidade. A bem da verdade, a legislação já garante a inclusão e a acessibilidade. Mas a realidade é que ainda muitos locais não possuem o caixa preferencial. Quem dirá o caixa adaptado para pessoas com deficiência visual, que disponibiliza a questão do Braille”, disse Oliva durante o encaminhamento da votação, reforçando: “esse projeto de lei, ele vem em um sentido de garantir o que a lei já exige, que é a inclusão e acessibilidade do atendimento.”

A matéria, que teve parecer de inconstitucionalidade, foi arquivada, após o pedido feito pelo autor ter sido aprovado pelo plenário.

Enel- Os vereadores aprovaram ainda nesta terça o requerimento de autoria da vereadora Bruna Biondi (Psol) que visa a convocação de representantes da empresa Enel para prestar esclarecimentos à população na Casa.

“É preciso, e é urgente, que se tenha a Enel aqui no nosso município, que explique o ocorrido naquele momento dos vendavais, mas que também explique o que ela segue fazendo”, disse Bruna após a aprovação do requerimento.

Natalia Sarkis
26/3/2024

Voltar

registrado em:
Fim do conteúdo da página